Artigos

Avaliação de vibrações em edifícios – incomodidade e integridade de estruturas

Os efeitos das vibrações nos edifícios e outros tipos de estruturas, pode ser múltiplo, mas são de salientar, como mais importantes, os efeitos nas pessoas e na integridade das estruturas. No sentido de responder às necessidades que regularmente surgem sobre a caracterização deste tipo de situações, a dBwave, desde o ano passado, está acreditada pelo IPAC, para efetuar os seguintes ensaios: Leia mais

Renovação da acreditação para a realização de ensaio de acordo com a NP2074

A dBwave renovou a sua acreditação para a realização do ensaio de avaliação de vibrações impulsivas em estruturas, de acordo com a norma NP2074:2015 pelo IPAC – Instituto Português de Acreditação, de acordo com a norma ISO 17035.

As atividades mineiras e geotécnicas que induzem solicitações dinâmicas nos terrenos, designadamente: o desmonte de maciços rochosos com recurso a substâncias explosivas, a cravação de estacas, a compactação dinâmica de terrenos, entre outras, originam solicitações impulsivas e vibrações subsequentes nas estruturas próximas, as quais, em consequência, podem sofrer danos. Leia mais

Efeitos de vibrações continuadas em estruturas DIN 4150-3

Ao contrário do que acontece noutros países, os critérios de avaliação do efeito de vibrações continuadas em estruturas não estão estabelecidos na legislação, em Portugal.

Para preencher esta lacuna a dBwave acreditou a realização do ensaio de avaliação de vibrações continuadas em estruturas, de acordo com a metodologia da norma DIN 4150-3:1999, pelo IPAC. Leia mais

AVALIAÇÃO DE VIBRAÇÕES EM EDIFÍCIOS – INCOMODIDADE

INCOMODIDADE DE VIBRAÇÕES

 

1 INTRODUÇÃO

Quando ocorrem reclamações de incomodidade de ruído é muito frequente ocorrerem simultaneamente reclamações de incomodidade de vibrações. Sendo a avaliação de incomodidade uma tarefa difícil, devido à componente subjetiva desta reação humana, esta dificuldade aumenta devido a que, ao contrário do que ocorre com o ruído, os critérios de incomodidade de vibrações não estarem bem estabelecidos em Portugal. Assim quem efetua a avaliação encontra-se frequentemente, em dificuldade para tirar conclusões. Neste artigo passam-se em revisão os fatores que influenciam a incomodidade devida a vibrações, critérios utilizados na sua avaliação e requisitos da instrumentação de medida.
2 RESPOSTA HUMANA A VIBRAÇÕES EM EDIFÍCIOS
São os seguintes os fatores que influenciam a reação humana de incomodidade a vibrações em edifícios:
• Limiares de perceção
• Resposta em frequência do limiar de perceção do ser humano
• Nível das vibrações
• Tempo de exposição
• Tipo de vibrações
• Tipo de utilização do edifício
• Efeitos paralelos
• Período do dia e atividade das pessoas
• A atitude das pessoas Leia mais

Itens Portfólio

Páginas